Informações para quem vai fazer Cadastro Único 2016-2017, saiba como efetuar a inscrição para se beneficiar dos programas do governo como o Bolsa Família, Minha Cada Minha Vida e mais e ter acesso à benefícios sociais como Carteira do Idoso, Projovem Adolescente, Isenção de taxa em concursos públicos, Tarifa Social de Energia Elétrica e outros e veja também quais documentos são importantes para realizar o cadastro que é feito por uma pessoa com idade acima de 16 anos que represente família.

 

Sobre o Cadastro Único

Cadastro Único é um mecanismo utilizado pelo governo para identificar e caracterizar pessoas menos favorecidas financeiramente em todo o país. Através do cadastro que o governo fica sabendo tipos de residência, identifica cada pessoa, nível escolar das mesmas, situação de trabalho e renda e outros, e as informações armazenadas podem ser utilizadas também pelas prefeituras municipais e estaduais para benefício da população.

Cadastro Unico 2016

Inscrição Cadastro Único 2016-2017

Pode ser feito por famílias que se consideram baixa renda que tenham uma renda mensal de até meio salário mínimo por pessoa ou total de até 3 salários mínimos ou acima de 3 salários desde que o cadastro esteja vinculada aos programas sociais nas três esferas do governo (municipal, estadual e federal), e é através do cadastro que a família consegue o NIS – Número de Identificação Social que pode ser usado em várias situações. Famílias cadastradas no CadÚnico são selecionadas todo mês, e só depois de ser chamado é que tem certeza que foi selecionado, o comunicado deve ser feito pelo órgão onde foi feito o cadastro que é o Crás.

Cadastro Único é gerenciado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e mantido pela Caixa Econômia Federal e por por ele que as pessoas podem participar dos programas e pedir os seguintes benefícios sociais:

Bolsa Família – famílias podem receber se tiver gestantes e crianças e jovens de até 16 anos ou dependendo da renda familiar jovens com idade entre 16 a 17 anos;

Minha Casa Minha Vida – moradias novas para pessoas de baixa renda que sonham em ter a própria casa. Um membro da família faz o cadastro e a família vai para fila de espera e deve esperar para ser chamada, devem ser atendidas primeiro as que têm pessoa com necessidades especiais e outros casos.

Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais – ajuda do governo para produtores do campo;

Outros benefícios – Telefone Popular, Passe Livre para Pessoas com Deficiência, Aposentadoria para pessoa de baixa renda, Carta Social, Programa Cisternas.

Como fazer inscrição no Cad Único 2016

As famílias que desejam ter o cadastro e não tiveram a visita domiciliar, podem ir até uma unidade do Cras. Para fazer a inscrição uma pessoa da família podendo ser a mãe vai até o Cras de sua região, portanto CPF e Título e no local vai responder as perguntas do cadastro que devem ser todas verdadeiras, como a quantidade de pessoas que residem no lar e a renda de toda a família e para comprar, levar também documentos de todos. Povos indígenas ou quilombolas pode levar para cadastro qualquer um desses documentos informados abaixo.

Escolha um dos documentos a seguir de todos que moram na mesma residência e leve no dia: certidão nascimento ou casamento, RG, CPF, carteira de trabalho ou título e pode até levar comprovante de endereço para ajudar no cadastro.

Dicas importantes

Toda família cadastrada do CadÚnico precisa manter os dados atualizados, isso é, se alguém da família sair de casa para morar em outra residência ou se a renda familiar aumentou, essas devem ser passadas para um profissional do Cras. Também se nascer outra criança vá até o Cras com o documento dela para incluir no cadastro. Mudança de telefone também deve ser informada.

Quando não informa maior salário ou que um ou mais pessoa saiu de casa, a família está cometendo fraude, e se descoberta perde o benefício. Por isso é obrigatório atuar cadastro, para que pessoas que não precisam estejam sendo beneficiadas pelo programa como o Bolsa Família.

Se você está passando por uma situação difícil e não tem como melhorar a renda da família e ainda não fez o Cadastro Único, corra e faça logo. Ao identificar as situação em que vive a família e se ela preencher todos os requisitos mínimos exigidos pelo MDS, logo ela é chamada por meio de um comunicado e depois de ser aprovada, a família poderá acessar aos diversos benefícios do governo.

Conheça mais o Cadastro Único acessando essa página da CEF : www.caixa.gov.br/cadastro-unico e também mds.gov.br/cadastro-unico